sexta-feira, setembro 07, 2007

My Soulmate


Fotograma de “Mysterious Skin


Ele: I wish there was a movie showing right now.

Ela: Me too... a film about our lives... everything that’s happened so far. And the last scene would just be us, standing right here. Just you and me.

10 Comments:

Blogger Tulaunia said...

É impressionante como um filme como este levou 3 anos a chegar a Portugal."Brick" demorou também 2 anos a chegar a terras lusas... O actor Joseph Gordon-Levitt tem uma interpretação maravilhosa (como já nos habituou).

9:44 da manhã  
Blogger Francisco Mendes said...

Muitos como eu, não esperaram tanto tempo e recorreram à importação do DVD de "Mysterious Skin". Quanto ao desempenho do meu jovem actor de eleição (Gordon-Levitt)... impressionante!

10:20 da manhã  
Blogger Maria del Sol said...

Desde que li a sinopse numa revista da especialidade, há algumas semanas, estou cada vez mais curiosa. Um assunto tão delicado como o abuso de menores é um desafio para qualquer realizador, e, se bem superado, como parece ter sido neste caso, marca profundamente o espectador.

É sempre um prazer vir ao teu blog, graças a posts breves e cativantes como este :)

11:17 da manhã  
Blogger Francisco Mendes said...

Por vezes, o pouco diz muito...

11:53 da manhã  
Blogger curse of millhaven said...

ooooh belíssimo...
fiquei com muita vontade de ver! :)

1:09 da tarde  
Blogger Carlos Pereira said...

O meu momento favorito desta pequena pérola. Um fragmento cinematográfico excelso, que emana uma vida imensa por parte daquelas Almas consumidas pela incerteza do destino. É cruelmente belo, tal como o lirismo da parte final.

Já agora Francisco, que classificação lhe atribuirias? Não que considere isso de muita importância, mas apenas por curiosidade cinéfila. Abraço!

9:23 da tarde  
Blogger H. said...

Também achei esse diálogo lindíssimo, bem como a relação dessas duas «almas-gémeas»... (boa escolha de imagem, by the way)

10:54 da tarde  
Blogger Francisco Mendes said...

Curse: Vai preparada para uma experiência perturbadora.

Carlos: Terás a resposta à tua pergunta no meu próximo post.

Abraço!

Helena: Tanta beleza... tanta agonia...

9:15 da manhã  
Blogger telmyy said...

nunca vi o filme, mas adorei esta passagem mesmo ^^ *

12:35 da manhã  
Blogger Francisco Mendes said...

É belíssima...

8:26 da manhã  

Enviar um comentário

<< Home

Site Meter