sexta-feira, julho 20, 2007

Ausência de Memória


"Paris, Texas", de Wim Wenders (1984)



"Den Brysomme mannen", de Jens Lien (2006)

6 Comments:

Blogger Luís Alves said...

outra grande filmaço! este é o meu favorito de wenders. tocante, poético e mágico. já votaste?

1:45 da tarde  
Blogger Cataclismo Cerebral said...

Só pode ser uma homenagem ao filme de Wim Wenders, right? Já agora, o Paris Texas é um portento :)

Abraço

2:57 da tarde  
Blogger Francisco Mendes said...

Luís Alves: Ora claro que já votei :)

Cataclismo: Sim, é uma homenagem sui generis.
Coloco aqui esta comparação, pois desejo que o filme do norueguês Lien não passe despercebido a todos (se clicares na imagem, terás acesso à minha opinião). Apenas o FANTAS deste ano o mostrou... é pena.

Abraço!

8:21 da manhã  
Blogger wasted blues said...

Já sabes a minha opinião sobre o filme, uma das boas surpresas do Fantas!

Quanto ao Wenders, um dos meus favoritos a par de 'As Asas do Desejo' :)

4:39 da tarde  
Blogger refugee said...

Olha o Brett do Alien. A morte desse sujeio é um pouco atroz. é um actor secundário conhecido, a última vez que vi contracenou com Steven Segall (escrevi bem o nome?)....

10:25 da manhã  
Blogger Francisco Mendes said...

Wasted: Dois filmes de inegável qualidade. O de Wenders, um autêntico portento!

Refugee: Morte magnífica ;)

1:04 da tarde  

Enviar um comentário

<< Home

Site Meter