terça-feira, julho 04, 2006

Está na hora da Norah



Por estas bandas aguarda-se com enorme expectativa o resultado do primeiro projecto em língua inglesa de Wong Kar-wai, intitulado “My Blueberry Nights”. Uma das razões para o meu empolgamento é a escolha da cantora Norah Jones para protagonizar o drama do autor de “2046”. Na sua estreia cinematográfica, encaro Norah como uma eleição magistral para irradiar o génio imaculado de Wong, num elenco que conta com a sublime Rachel Weisz, Natalie Portman e Jude Law. Na semana passada, o site perezhilton.com difundiu as primeiras imagens da cantora no local das filmagens. O facto passou despercebido a muitos, mas não poderia deixar de filtrar as primeiras imagens de um filme que o presidente do Júri do Festival de Cannes 2006 descreve como «a história de uma mulher que escolhe o longo trajecto em detrimento do curto, para se unir ao seu amado». O filme encontra-se em filmagens, sendo ainda demasiado prematuro avançar com datas de lançamento.

17 Comments:

Blogger RPM said...

óh meu amigo.....uma meia-tautologia na tua crónica...

"O filme encontra-se em filmagens(...)"

mas antes de mais: BOM DIA, amigo Francisco e Ninfa....

o efeito de Oz notou-se ali naquele final....lolololo

Fui ver o filme. O Infiltrado e gostei muito. Esa semana vou ver o MI3 ....

Francisco! um feliz dia para ti porque se tudo correr bem, entrarei em Oz amanhã, mas com crónicas diárias!!! Sim porque em Oz também se trabalha

um abraço grande de amizade!

RPM

9:46 da manhã  
Blogger Francisco Mendes said...

Uma tautologia consiste em repetir uma ideia com palavras diferentes. Nem como meia-tautologia considero o que escrevi... mas como este é um dos vícios da linguagem comum... creio que os vícios de Oz devem andar a perturbar o meu juízo...

Do "Inside Man" não gostei... aparenta ser a tese fílmica de um desajeitado fã de Spike Lee, piscando descaradamente o olho a plateias mainstream. Gostos...

Boas férias. Forte Abraço!

10:20 da manhã  
Blogger RPM said...

lololool

pois..por isso tive o cuidado de escrever 'meia' porque de meias é amanhã com a França e aquelas que usamos nos pés...

um forte abraço, Mais Uma Outra vez...Amigo

RPM

10:42 da manhã  
Blogger Francisco Mendes said...

lol

Meia é (salvo erro) um termo brasileiro para o número seis. Mas esses ficaram pelos quartos... Pobre Parreira... esse sim, com uma completa falta de discernimento ao apelidar-nos de violentos... revelando perceber tanto de futebol como eu do cultivo da couve-roxa no Zimbabwe...

Abraço amigo!

11:08 da manhã  
Blogger RPM said...

lolololloll.

ollá novamente, amigo!

desculpa estar a ser chato. mas agora é outra coisa.

eu quero entrar no Cool 2 Ra e aquilo vai parar a uma coisa esquisita a piscar!!!

Eu sei que o André é um homem com sentido das artes cinematográficas...mas aquilo não me deixa entrar no blogue...

que tenho de fazer? Podes-me ajudar?

se assim acontecer dou um beijo à tua Ninfa.....e para ti um abraço..

desculpa a brincadeira, mas é com amizade! Tu és bacano, na minha sensibilidade bloguística...ai como agora é difícil utilizar as palavras para não existir 5º's pensamentos. lolollooll

abraço grande de amizade!

RPM

1:44 da tarde  
Blogger H. said...

Os actores escolhidos prometem e a Norah Jones tem uma aura de graça sensível, quase frágil, que talvez resulte bem tb no Cinema... Um projecto a aguardar, sem dúvida!

2:14 da tarde  
Blogger Francisco Mendes said...

Rui: Segundo me constou o Cool2Ra fechou.

Abraço sem chatices!

Helena: Ora nem mais. Imaginar este cineasta de eleição (Wong) a trabalhar cinematograficamente a aura divinal de Norah Jones... deixa-me em pulgas.

2:29 da tarde  
Blogger brain-mixer said...

Norah Jones? Depois das experiências de Mariah Carey, Madonna e Britney Spears no cinema, não estou muito confiante...

Mas se contarmos com as aventuras de Whitney Houston (Guardacostas) e Eminem (8mile), então...

Esperemos.

2:54 da tarde  
Blogger Francisco Mendes said...

Comparar Mariah Carey, Madonna, Spears, Whitney Houston e Eminem a Norah Jones é o mesmo que comparar um jumento a um Puro Sangue Lusitano. Esses nomes que referes não possuem um centésimo do alvor carismático que gravita em torno de Norah Jones. Além disso... o timoneiro é Wong Kar-wai.

3:56 da tarde  
Blogger Lua Obscura said...

Jude Law e Natalie Portman juntos de novo...recorda-me Closer (que gosto de lembrar e relembrar, ver e rever)
E Norah Jones...bem, deve ser muito interessante

10:47 da tarde  
Blogger RPM said...

Francisco, amigo...
acabei de receber uma mensagem muito estranha sobre o trabalho que o André Batista estava a fazer...

uma chatice...

tenho o 'link' Anti 2 Ra e vai lá ver....fiquei de cara à banda com o que li...

ou seja, o Cool 2 Ra era, nada mais nada menos que um conjunto de colagens de ideias de outros blogues .....

um abraço

RPM

12:14 da manhã  
Blogger mig_domingues said...

Tenho medo. Tenho muito medo. Evolução ou cedência nesta viagem para a América? O tempo o dirá.

Cumprimentos,
Miguel Domingues

1:00 da manhã  
Blogger Francisco Mendes said...

Lua Obscura: Já não gosto tanto de relembrar "Closer"... mas isso são outras películas... outras sensibilidades...

Rui: Eu sei perfeitamente o que se passa, tendo sido colocado ao corrente no regresso das férias. Mas abstenho-me de tecer comentários... Já tudo dito sobre o sucedido e não serei eu a arremessar mais achas para a fogueira...

Abraço!

Miguel Domingues: Também tenho muito receio... Será que a sua sublime marca autoral conseguirá sobreviver imaculada aos mecanismos industriais dos grandes estúdios? Faço figas para que Wong permaneça igual a si próprio.

Cumprimentos.

9:08 da manhã  
Blogger brain-mixer said...

Pronto... Nora forever! ;)

3:37 da tarde  
Blogger Francisco Mendes said...

Forever não... que eu não aprecio o seu tipo de música... mas que tem carisma... lá isso tem.

3:49 da tarde  
Blogger Pedro_Ginja said...

finalmente o regresso do Francisco e das suas conversas de pasmar...

É sempre um prazer escrever neste teu blog.

Em relação à Norah Jones vou esperar para ver. E que cantores que dão numa de actores nem sempre deram bons resultados...

Mas é o Wong Kar-Wai por isso...

5:29 da tarde  
Blogger Francisco Mendes said...

Ora nem mais... a fé no Wong é tremenda.

6:03 da tarde  

Enviar um comentário

<< Home

Site Meter