quinta-feira, janeiro 18, 2007

Falta pouco Tempo



Um jovem casal passa por uma das recorrentes crises num relacionamento. Desiludida com o esfriar da relação, uma mulher julga que o namorado está farto dela. A insegurança leva-a a comportamentos histéricos e embaraçosos, com diversas crises de ciúmes, muitas vezes infundadas. Na tentativa de salvar o namoro que sente desmoronar de dia para dia, resolve passar por uma radical transformação facial por intermédio de cirurgia plástica. “Time”, o recente filme de Kim Ki-duk, criador de experiências inesquecíveis (“The Bow” e “3-Iron”, por exemplo), está a chegar ao FANTAS.

8 Comments:

Blogger tf10 said...

Não é o seu melhor filme, mas não deixa de ser muito bom e fez mesmo parte do meu top10 de 2006. Sem dúvida a rever no Fantas!

abraço!

2:53 da tarde  
Anonymous Anónimo said...

Os filmes do Kim-Ki-Duk têm sempre uma aura muito especial. Não vou ao Fantas mas espero depois ver no circuito normal.

9:26 da tarde  
Anonymous Anónimo said...

Gosto muito do Kim-Ki Duk. E este cartaz dá MESMO vontade...

9:04 da manhã  
Blogger Francisco Mendes said...

tf10: Já falta pouco. E que excelente cartaz possui este Fantasporto 2007, na minha humilde opinião...

Abraço!

Joana C.: Quem gostaria de ver no circuito nacional era Hou Hsiao-hsien...

Nuno Pires: Verdadeiramente sublime.

9:08 da manhã  
Blogger H. said...

Dá vontade de largar tudo e ir ao Fantas. Do que vi do Kim Ki-Duk gostei mesmo muito e só de olhar para esse poster sinto-me inspirada :)

10:06 da manhã  
Blogger Francisco Mendes said...

Ele que já trabalha em "Breath", filme que planeia estrear em Cannes.

11:00 da manhã  
Blogger tf10 said...

Alguém falou em Hsiao-hsien?!? :)
Ainda à uns tempos vi o "Good Men, Good Women" e é mais um maravilhoso filme! a juntar aos meus favoritos dele!

E já agora, porque não um Edward Yang com as suas arrebatadoras "longuíssimas metragens" ou mesmo o sempre irreverente Ming-liang que este ano lança mais uma (certamente) excentricidade minimal!

sonhar nao custa....

4:01 da tarde  
Blogger Francisco Mendes said...

Nós, cinéfilos enamorados pelo Oriente, temos de efectuar esforços hercúleos para contemplar estas obras. É lamentável que ninguém queira investir na magia e sedução deste Cinema.

9:29 da manhã  

Enviar um comentário

<< Home

Site Meter