sexta-feira, fevereiro 03, 2006

Rumores sobre Proyas



Alex Proyas.
Trata-se do autor de dois filmes de culto que abrigo religiosamente na minha DVDteca particular: “Dark City” e “The Crow”. Se o primeiro é uma excelsa fusão de ficção científica com film noir empacotada numa sinfonia filosófica e cinemática, o segundo é “simplesmente” uma das melhores adaptações BD de sempre. O seu último filme, “I, Robot”, não atinge o pináculo de qualidade apresentado nos filmes que referi, mas não deixa de ser bom entretenimento visual com subcamadas de humanidade e ideias interessantes (apesar da inconsistência da apresentação).

Nos últimos dias surgiu o rumor que o realizador anda a ser sondado para liderar a adaptação cinematográfica de mais um objecto da Nona Arte: “Iron Man”. Nick Cassavetes chegou a ser apontado para a cadeira, mas os produtores responsáveis pelo projecto iniciaram uma demanda com o intuito de adquirir um realizador com fundações criativas na transposição de BD para a Grande Tela e chegaram à conclusão que Proyas seria o homem indicado. Será este o seu próximo filme? Estará Proyas interessado no projecto? Será que possui outros intentos na manga (como por exemplo, o anteriormente anunciado "Knowing")? Quando será saciada a curiosidade das pessoas que aguardam algo novo da sua parte?

11 Comments:

Blogger André Batista said...

Isto poderá ser um bom projecto para Proyas, vamos esperar por mais noticias em breve. Adorei "Eu, Robot", mas não conheço toda a sua filmografia.. a alugar em breve :D Cumps !

3:39 da tarde  
Blogger Francisco Mendes said...

"Dark City" é obrigatório... ah Fantasporto dos bons velhos tempos...

Cumprimentos.

7:02 da tarde  
Blogger Coutinho77 said...

Deste senhor espero sempre o melhor.
Abraço!

9:12 da tarde  
Blogger Francisco Mendes said...

Aguardemos confirmações para breve.
Abraço!

9:53 da tarde  
Blogger Mário Lopes said...

Hum...ía jurar que já tinha comentado este post :|. Anyway...

Não conheço muito do realizador mas gostei do trabalho dele no "I, Robot". Se vier um filme do mesmo nível já será bastante bom :).

Abraço

S0LO
http://lordofthemovies.blog-city.com

9:42 da tarde  
Blogger André Carita said...

Dark City e especialmente The Crow é uma fantástica obra prima! I, Robot apesar de não ter aquele toque noir, é um filme muito acima da média! Eu gostava era de ver Proyas a realizar a adaptação cinematográfica do videojogo Max Payne! Seria em grande! :D
Um abraço!

4:43 da manhã  
Blogger Francisco Mendes said...

Mário Lopes: "I, Robot" não representa Proyas ao melhor nível.
Abraço!

André Carita: Ora nem mais... o estilo film noir encaixava-lhe que nem uma luva.
Abraço!

9:50 da manhã  
Blogger brain-mixer said...

Dark City é um clássico. E Alex Proyas é um daqueles realizadores que conseguem manter um estilo cinematográfico próprio sem cair na repetição. Quanto ao seu futuro, ele precisa de um mega-êxito para o seu reconhecimento mundial (apesar de I, Robot ter amealhado algum) ;)

1:30 da tarde  
Blogger Francisco Mendes said...

Amealhou mesmo muito. Mas será mesmo preciso um mega-sucesso?

7:04 da tarde  
Blogger brain-mixer said...

Claro, pergunta a um ignorante em cinema se conhece o gajo... Vê o exemplo de Peter Jackson antes e depois do "Senhor dos Anéis" ;)

11:19 da tarde  
Blogger Francisco Mendes said...

Mas duvido que venha a incorporar um sucesso tão megalómano como Jackson.
O máximo deverá ser algo na onda de "I, Robot", mas como a estrela era Will Smith, o espectador comum não quer saber qual é o realizador.

12:59 da tarde  

Enviar um comentário

<< Home

Site Meter