quinta-feira, maio 03, 2007

The Frog King


Joseph Gordon-Levitt (“Brick”, “Mysterious Skin”, “3rd Rock from the Sun”) é um dos melhores jovens actores do panorama actual. Além de revelar maturidade na triagem dos papéis que acolhe, sua energia intelectual é tão espontânea e revestida de paixão que “apenas” lhe podemos prever um futuro risonho. Um dos seus futuros projectos será “The Frog King”, adaptação de um romance de Adam Davies. Gordon-Levitt desempenhará Harry, um arrogante e preguiçoso editor nova iorquino que no seu feitio perverso consegue derramar imenso charme. Sua namorada é Evie, uma assistente editorial com a qual partilha uma relação por vezes melíflua e outras vezes amarga. O problema é a infidelidade de Harry, um comportamento destrutivo que poderá abalar as imaturas fundações da sua essência. No fundo, trata-se da história de um jovem que se apercebe que terá de descobrir o príncipe em si, ou permanecer um solitário sapo para sempre.

O conto é interessante, mas acaba por se revelar um tanto ou quanto curto. Logo, se o objectivo é adaptá-lo cinematograficamente, com a pretensão de vedar possíveis buracos no argumento sobre o ego masculino ou a cidade de Nova Iorque, quais seriam as escolhas mais interessantes para tornar o projecto aliciante? Além do actor confirmado, juntam-se os nomes de Bret Easton Ellis, autor da penada de “American Psycho”, e Darren Star, criador da série “Sex and the City”, na sua estreia na cadeira de realizador.
Por mim tudo bem… captaram a minha atenção.

5 Comments:

Blogger _Loot_ said...

Depois do genial Brick vou passar a prestar atenção aos filmes que Joseph Gordon-Levitt anda a escolher.

11:08 da manhã  
Blogger Francisco Mendes said...

Se ainda não viste, aconselho-te “Mysterious Skin".

11:33 da manhã  
Blogger _Loot_ said...

Ainda não vi, o problema é sempre arranjar mas não me vou esquecer desse nome, ver se consigo ver isso.
Obrigado pela dica ;)

Abraço

7:26 da tarde  
Blogger antónio said...

Pois é, curiosamente os dois últimos filmes que vi foram exactamente Brick e Mysterious Skin e gostei muito de ambos e do Joseph Levitt neles. Totalmente inesperado tendo em conta que a única coisa que tinha visto com ele tinha sido o 10 things I hate about you.
Andava pelo google à procura de eventuais textos escritos por portugueses sobre o Mysterious Skin e nada, certamente porque o filme não foi lançado no nosso país e por isso é de difícil acesso. Mal vim parar aqui ao blog e depois de ler o (muito bom) texto sobre Brick e este sobre o The Frog King questionei-me se já terias visto o filme do Araki e o que escreverias sobre ele. Um dia que não tenhas nada para fazer já sabes, será um texto muito bem vindo.
E concordo com outros posts que tenho lido aqui. My Bluberry Nights é também sem dúvida o filme por mim mais esperado do ano.

9:46 da tarde  
Blogger Francisco Mendes said...

looT: Sempre às ordens ;)

Abraço!

António: Fica então prometido. Daqui por uns tempos escrevo algo sobre o excelente “Mysterious Skin".

8:46 da manhã  

Enviar um comentário

<< Home

Site Meter