quarta-feira, janeiro 03, 2007

Atmosferas de tensão



Dois dias após ter sido apontado como director do Festival de Cinema de Turim, aceitando o cargo «apostado em relançar o festival, mantendo as suas características» e fazendo dele um certame «simultaneamente sério e alegre», Nani Moretti abandonou o posto justificando a sua decisão pela «atmosfera de tensão» envolvente. Creio que não estarei muito longe da verdade, se disser que esta tensão é abertamente política, uma vez que “Il Caimano” (inspirado em Berlusconi para criar um filme dentro de um filme) estreou em solo italiano dias antes das últimas eleições de Abril. Deixo aqui uma das frases de despedida do realizador italiano: «É com muita dor que renuncio ao cargo e vos deixo com os vossos problemas de método, de divergências processuais… de rancores pessoais».
Brilhante Moretti, brilhante!

6 Comments:

Blogger H. said...

E Il Caimano que nunca mais estreia cá...

9:25 da manhã  
Blogger Francisco Mendes said...

Há semanas, 18 de Janeiro era a data estipulada para a sua estreia em Portugal. Mas por cá, estas datas são sempre demasiado voláteis...

2:15 da tarde  
Blogger RPM said...

olá camarada amigo!

Feliz 2007 com muitas coisas boas.

Depois, passo a analisar os textos que deixaste:

Babel, um filme que desejarei ver com muita atenção...

Nani Moretti...um desalinhado(?) que queriam alinhado....tem sempre espectadores que gostam do seu produto, não necessita de presidências, abertas ou fechadas...

abraço grande, Amigo

RPM

2:57 da tarde  
Blogger wasted blues said...

Parece que 'Il Caimano' e 'Manderlay' chegam em Janeiro...

... mas eu só acredito quando marcarem o visionamento e os vir numa sala :S

8:59 da tarde  
Anonymous Anónimo said...

Impossível não gostar do Moretti!

12:12 da manhã  
Blogger Francisco Mendes said...

Rui: Um grande 2007, repleto de bons acontecimentos para ti, caro amigo.

Abraço!

Wasted Blues: Já somos dois.

Hugo Alves: Bem verdade.

9:01 da manhã  

Enviar um comentário

<< Home

Site Meter