quarta-feira, dezembro 20, 2006

Quixotesco

Em Agosto de 2000, Terry Gilliam (“Brazil”), teve finalmente a oportunidade para materializar o sonho ao qual dedicou uma década inteira: “The Man Who Killed Don Quixote”. Reunindo a respectiva equipa e elenco, preparou a produção que prometia acomodar o maior orçamento de sempre, utilizando exclusivamente financiamento europeu. Contudo, apesar da sua criatividade e entusiasmo, o filme foi alvo de uma maldição (bem relatada no documentário de 2002 “Lost in La Mancha”) que originou o seu cancelamento: uma terrível série de improváveis desastres desde conflitos de agenda, tempestades torrenciais de areia e granizo, jactos F14 lançando bombas entre os cenários e caravanas.
Nos últimos anos, Gilliam tem sugerido que gostaria de encetar uma terceira tentativa para reviver o filme e recentemente declarou que «…prometeram entregar o argumento até ao Natal. São as notícias mais positivas que ouvi sobre o reencaminhamento do projecto, contudo a minha preocupação deve-se à utilização de Johnny Depp. Quando estiver disponível, será que ainda estarei vivo?».

11 Comments:

Blogger pintoribeiro said...

Bom dia, abraço.

10:26 da manhã  
Anonymous Anónimo said...

O quê?? Ele vai tentar novamente?? Ele não desiste mesmo... Grande homem, grande artista, força Gilliam!!

12:59 da tarde  
Blogger Flávio said...

A culpa não foi da chuva, mas do próprio terry Gilliam. Se não fosse um filho da mãe presunçoso e irresponsável, ainda que com bastante talento, o projecto nunca teria fracassado.

Bom Natal, Francisco!

12:34 da manhã  
Blogger Francisco Mendes said...

pintoribeiro: Bom dia.
Abraço.

Edgar: Persistente... quixotesco...

Flávio: Olha que o Johnny Depp iria discordar de forma veemente contigo... ;)

Bom Natal!

10:41 da manhã  
Blogger _Loot_ said...

Espero que consiga, vá lá Depp tens de arranjar tempo para este.

2:36 da tarde  
Blogger Francisco Mendes said...

Ele arranja. Se isto for mesmo para a frente, não tenho dúvidas que arranja.

3:11 da tarde  
Blogger Flávio said...

Atenção que eu não tenho nada contra o Gilliam, bem pelo contrário. Acho que as pessoas arrogantes como ele têm todo o direito de ser presunçosas. E oxalá que sim, que o filme se faça.

1:52 da manhã  
Blogger Flávio said...

Errata: "as pessoas talentosas como ele"

1:53 da manhã  
Blogger Francisco Mendes said...

Apoiado! Que se faça o filme!

11:14 da manhã  
Blogger Pedro_Ginja said...

Este filme, especialmente agora, soa-me bastante melhor uma vez que a minha aventura e terminar de ler o classico. Ja vou na pag 560. SO faltam 180 e estou a gostar bastante...

Mas adaptar este livro e uma tarefa mastodontica, sem duvida.

Boa sorte para ele.

E quem para fazer de D.Quixote????
Sugestoes???

12:12 da tarde  
Blogger Francisco Mendes said...

O Gilliam sabe... oh, se sabe...

9:26 da manhã  

Enviar um comentário

<< Home

Site Meter