sábado, dezembro 10, 2005

A prestigiante Scarlett



Como se o elenco já não fosse suficientemente prestigiante, Scarlett Johansson acaba de ser incluída no elenco do novo projecto de Christopher Nolan, “The Prestige”. Scarlett deverá ter realmente clones (como demonstrava “The Island”) pois a sua agenda de trabalho qualquer dia ganha a quantidade de páginas de uma Bíblia. Senão vejamos: a 19 de Janeiro estreia “Match Point” de Woody Allen, depois ainda participará em “Borgia”, “Scoop”, “Amazon”, “The Nanny Diaries”, e o recentemente anunciado “Napoleon and Betsy” (além de “The Prestige”). E quem não gostaria de ter um clone de Scarlett só para si?... Eu não, eu não…

Esta será a adaptação cinematográfica do romance de Christopher Priest sobre dois feiticeiros rivais do século 19. Rupert Angier e Alfred Borden são inicialmente rivais e depois tornam-se amargos inimigos. A tentativa inicial de captura dos segredos mútuos deteriora-se num ódio obsessivo. O desenvolvimento das personagens é profundo, a ambiência rica, a escrita magnífica, a tensão palpável e a história é original apesar de evocar clássicos temas. O final é algo abrupto, mas tal sentimento advém (em parte) do prazer provocado pela leitura. O filme movimenta-se entre os limites do terror, fantasia e ficção científica, numa tapeçaria de magia, mistério e puzzles psicológicos.

Do fabuloso elenco constam ainda Christian Bale, Hugh Jackman e David Bowie. O argumento está a cargo de Jonathan Nolan (o maninho do Christopher) e 2006 é o ano almejado para a estreia.

12 Comments:

Blogger Spaceboy said...

Gosto muito da Scarlett Johnson, principalmente no «Lost In Translation»...

5:57 da tarde  
Anonymous André Batista said...

LOST IN TRANSLATION 4 EVER :D

12:27 da tarde  
Blogger H. said...

q maravilha! ñ sabia desse projecto mas soa-me a algo delicioso...
Bale e Jackman... e Scarlett... ai meu God :)

12:42 da tarde  
Anonymous André Carita said...

Conheço pouco do seu trabalho. Apenas vi o The Island e não gostei muito do seu desempenho! Ainda tenho o Lost In Translation para ver... espero mudar a minha opinião em relação à actriz!
Um abraço Francisco!

7:21 da tarde  
Anonymous S0LO said...

Não queres um clone da Scarlett? Pois, nem eu...O que eu quero é a verdadeira, a MINHA Scarlett :D!
É sempre bom saber novidades da minha menina =)!

Cumps.

8:42 da tarde  
Blogger Knoxville said...

Não percebo essa vossa fixação pela Scarlett. Juro-vos.

É das gajas mais insonsas que por aí andam, além de não a achar nada gira. Enfim... taras, cada um tem a sua! Eu cá ficava com uma Angelina Jolie, uma Eva Mendes, uma Jessica Alba ou uma Kate Beckinsale.

Abraço Katateh!

10:33 da tarde  
Blogger nuno said...

knoxville se for para ficar com essas todas ao mesmo tempo entendo-te:) a scarlett tem uma aura de diva que nenhuma dessas que mencionaste tem...hasta

11:15 da manhã  
Blogger Francisco Mendes said...

Spaceboy: É uma actriz bastante capaz e "Lost in Translation" catapultou-a.

André Batista: O teu favorito, não é? ;)

Lost in Space: Passará pela cabeça um ménage à trois? :)
São grandes actores!

André Carita: Começaste mal... "The Island" nem deveria ter sido visto... :P Acho que vais mudar de opinião.
Abraço!

s0lo: Pronto... eu mantenho-me longe dela... :D
Abraço!

Knoxville: Se algum dia desejares contactar com a Eva Mendes, eu posso dar-lhe uma palavrinha por ti... mas não terás muita sorte da minha mana!
Abraço Matateh!

Nuno: Ora nem mais: «aura de diva»!

12:51 da tarde  
Anonymous Pedro Ginja said...

Só uma coisinha.
Falaram de um clone de Scarlett Johansson.

Sabem quem é muita parecida com ela depois de olhar para esta foto que o Francisco pôs no blog??

A Dakota Fanning.
Ainda é novinha mas há de lá chegar...
Esperem para ver.

Em relação à Scarlett, o que se pode dizer.
Já uma grande actriz e estrela.
Sublime

2:50 da tarde  
Blogger Francisco Mendes said...

Scarlett é uma diva, a Dakota irritante. Quando ela passar a ser administrada com valium, talvez amadureça. ;)

Fanning é uma menina com excelente expressividade, mas só o tempo dirá se irá vingar na carreira.

6:50 da tarde  
Blogger Pedro_Ginja said...

Dá-te feliz por não teres conhecido a Scarlett em criança.
Quem sabe se também não seria irritante.

E por favor não digas...
"No Encantador de Cavalos" estava muito bem. Tinhas uns traços irritantes e nem falemos no filme..
Arghhhh

Mas o presente é que conta e ela é uma das eleitas. Será grande muito grande.

11:12 da manhã  
Blogger Francisco Mendes said...

Exacto... as meninas crescem... pode ser que mude de ideias quanto a Fanning. Para já passa-me ao lado... não vou muito à bola com a sua veia irritante.

12:52 da tarde  

Enviar um comentário

<< Home

Site Meter