quinta-feira, julho 07, 2005

Estreias da semana

O meu destaque nas estreias desta semana vai para “War Of The Worlds”, de Steven Spielberg. Após “Minority Report” Steven Spielberg e Tom Cruise reúnem-se novamente em “War Of The Worlds”, um dos filmes mais aguardados da temporada.
Baseado no clássico futurista de H.G. Wells (escrito em 1898), a aventura de ficção científica revela a extraordinária batalha pelo futuro da humanidade, filtrada através dos olhos de uma família lutando pela sobrevivência, após uma invasão extra-terrestre.

Apenas Sábado terei oportunidade para ver o filme (infelizmente) e no Domingo conto apresentar a minha crítica, aqui no blog.
Enfim… cá ficam as estreias:



WAR OF THE WORLDS
Guerra dos Mundos

Com: Tom Cruise, Dakota Fanning, Justin Chatwin, Miranda Otto, Tim Robbins
2005 – 116 minutos – Ficção Científica/Drama
Realização: Steven Spielberg

Sinopse: É um thriller de ficção científica que nos revela a extraordinária luta pela sobrevivência de uma vulgar família americana, após uma invasão alienígena hostil.



A LOT LIKE LOVE
O Amor está no ar

Com: Amanda Peet, Ashton Kutcher, Taryn Manning, Aimee Garcia
2005 – 107minutos – Comédia/Romance
Realização: Nigel Cole

Sinopse: Tudo começa quando dois jovens se conhecem num voo interestadual.
Oliver (Ashton Kutcher) é um recém-graduado com ideias definidas sobre o sucesso profissional e o amor.
Emily (Amanda Peet) é corajosa, espontânea e impulsiva.
Dois destinos, duas formas incompatíveis de encarar a vida. Reflectem-se um no outro por breves momentos mas claramente não foram feitos para ficarem juntos. Ou foram?
Apesar de continuarem com as suas vidas, Oliver e Emily não se esquecem dos seus encontros. À medida que se cruzam, ano após ano, cidade após cidade, relacionamentos após relacionamentos, existe sempre alguma coisa que os separa. No entanto há também algo inexplicável que insiste em aproximá-los.



CRIMEN FERPECTO
Crime Ferpeito

Com: Guillermo Toledo, Luis Vera, Mónica Cervera
2004 – 105 minutos – Comédia
Realização: Alex de la Iglesia

Sinopse: Rafael é um tipo sedutor e ambicioso que gosta de mulheres bonitas, roupa elegante e um ambiente sofisticado.
Nasceu para vender, e por isso trabalha num grande armazém do qual aspira chegar a chefia.
Por fatalidade do destino, o seu principal rival morre acidentalmente e a única testemunha é Lurdes, uma empregada feia e obsessiva que começa a chantageá-lo.



AALTRA
Aaltra

Com: Benoît Delépine,Gustave de Kervern, Michel de Gavre, Gérard Condejean, Isabelle Delépine
2004 – 92 minutos – Comédia
Realização: Benôit Delépine

Sinopse: Dois vizinhos, cuja coabitação é difícil, odeiam-se e confrontam-se constantemente.
Uma violenta disputa entre os dois acaba no hospital, depois de uma máquina agrícola cair sobre eles.
Ficam os dois paralisados da cintura para baixo e saem do hospital em cadeira de rodas. Depois de muito pensar, desistem da ideia do suicídio e voltam a encontrar-se por acaso na plataforma da estação para apanhar o mesmo comboio.
Vizinhos outra vez, para o melhor e para o pior, começam uma viagem atípica que tem por objectivo exigir uma indemnização aos fabricantes finlandeses da máquina agrícola que lhe provocou o acidente. Vai ser um verdadeiro percurso iniciático, uma autêntica viagem de iniciação em que irão descobrir o seu “vizinho”.

32 Comments:

Blogger André Batista said...

Bom-dia!!! LOL. Desses toidos vou ver a 'Guerra dos Mundos' hoje (e depois terá direito à sua análise no meu blog), e gostava de ver também o 'Crimen Ferpecto', penso que do mesmo realiuzador de '800 balas'.

10:36 da manhã  
Blogger Pedro Quintino said...

Já vi o War of the Worlds, e apesar de bastante irritado por não terem passado o trailer do King Kong, o filme é óptimo do início ao fim. Os efeitos especiais são absolutamente 'breath-taking'. Muito bom mesmo...

11:48 da manhã  
Blogger Francisco Mendes said...

André: "Crimen Ferpecto" não me desperta mt atenção.

Pedro: Apenas sábado o verei :(

12:15 da tarde  
Blogger Pedro Quintino said...

Vi o trailer de "Crimen Ferpecto" e também não me moveu...

12:19 da tarde  
Blogger Francisco Mendes said...

pois... :\

1:19 da tarde  
Blogger André Batista said...

Acabei de ver a 'Guerra dos Mundos' e já o analisei no meu blog. É soberbo!!

6:05 da tarde  
Blogger André Batista said...

p.s. na minah sessão passaram o trailer do king kong. LOL

6:06 da tarde  
Blogger Ana Marques said...

Eu continuo a achar que para quem leu o livro o filme tem momentos muito fracos, e talvez um seja uma pequena desilusão. Não tirando o mérito ao filme que também é bom!

8:45 da tarde  
Anonymous S0LO said...

Eu estou é a ver que vai tudo ver o "War Of The Worlds" no Sábado e não vai haver lugar para mim :@ LOL!

Cumps. cinéfilos

10:41 da tarde  
Blogger André Batista said...

Ana : o livro foi escrito há mais de 100 anos, qual o fundamento desse comentário!??LOL

10:51 da tarde  
Blogger Ana Marques said...

O fundamento é que a obra é a base do filme! E mesmo tendo sido escrito à tanto tempo foi dele que Spielberg retirou a história! Portanto ve lâ se lês a obra e depois podes questionar o fundamento das minhas afirmações! Ou então não!!

11:55 da tarde  
Blogger Pedro Quintino said...

Não me parece que a idade da obra seja um factor condicionante aqui. Queres ser tu a fundamentar o que disseste, André?

1:29 da manhã  
Blogger Francisco Mendes said...

André: Tb gostava de ver o trailer de Kong. Obrigado pela opinião relativa a WOTW.

Ana: Tb li o livro. Analisarei a visão de Spielberg sem perder de vista o objectivo de Wells. Só Sábado... :(

Pedro: A idd nunca é uma condicionante, é verdade. Mas por vezes o objectivo de certas obras encontra-se desactualizado, o truque é adaptar a obra à nossa época. E é aí que alguns realizadores costumam falhar...

s0lo: Sábado estou lá... despacha-te :D

8:11 da manhã  
Blogger Ana Marques said...

Eu só disse que ficamos um pouco desiludidos, mas que o filme em si também é muito bom, e claro que eu não queria que ele transcrevesse a obra para o écran, tem de haver uma adaptação temporal.

11:11 da manhã  
Blogger Francisco Mendes said...

Entendidos :) Olha estou ansioso por Sábado :\

Exponho a minha opinião tvz no Domingo!

11:18 da manhã  
Blogger Ana Marques said...

Penso que deves gostar! Aguardo então o teu texto, esperemos com menos spoilers do que alguns que andam por aí! :)

11:24 da manhã  
Blogger Francisco Mendes said...

LOL

Podes ficar tranquila, nunca exibirei spoilers.

12:02 da tarde  
Blogger André Batista said...

EH EH EH!!! o k é k já vai aqui! Só agora é vim ler estes comentários. Pois bem, ao contrários de alguns (a xpressão não é minha, como já devem ter visto) eu já li o livro há muito tempo. Para terem a certeza é a edição da Ulisseia. Acho que em 100 anos podemos alterar muitas coisas da obra original não acham pa? Atão no livro os extraterrestres são marcianos!? Bronca! Só por os ets deste filme nao serem de Marte (algo obvio, visto que nao ha ets em marte) e alvo de dicordia?

E forma voçes que leram a minha análise, portanto forma de boa vontade. Eu nunca ia ler uma análise a um filme que ainda não fui ver (principalmente os que tem mistérios). Se leram spoilers foi porque quiseram ler. Era um bocadinho óbvio eu ter que falar de partes do filem não acham pa??!!

E sobre as referências no filme, aso filmes que disse na minha análise ('Mystic River', 'O Dia da Independencia' etc.), só não percebemn se não viram o filme com atenção ! É ridiculo falarem da minha análise assim.

E Ana Marques porque não posso criticar o teu comentário? Ficaste muito ofendida? Não tivesses escrito isso? Ainda estou a pensar em como queres que uma obra de 1898 seja igualzinha a uma obra de 2005!!!! É impossível!!

Bom filme para todos.

3:44 da tarde  
Blogger Francisco Mendes said...

André não kero discussões naki no blog!!

3:57 da tarde  
Blogger Ana Marques said...

Ja reparei várias vezes que não deves ler o que escrevo Adnré, pois disse que têm que haver uma adaptação temporal entre a obra e o filme.
Em relação aos spoilers, podes muito bem analisar um filme sem revelar qualquer cena. E quanto às referências a outros filmes nem vou fazer comentários, pois se começarmos a ver filmes para tentar encontrar referências a obras passadas perde-se a importância desse mesmo filme. Analogias muitas vezes são erradas!
E concordo com o Francisco, não se deve discutir dessa forma, pois todos nós podemos ter opiniões diferentes e ser civilizados, o que muitas vezes André não respeitas as opiniões das outras pessoas!

4:19 da tarde  
Anonymous Vera said...

O André está realmente irritado - isso é notório pelos constantes erros de português que inundam o seu comentário.
Para além disso, acho que leste os comentários demasiado rápido. Só assim explica que tenhas percebido tão mal o que foi dito.
«e claro que eu não queria que ele transcrevesse a obra para o écran, tem de haver uma adaptação temporal.» Acabei de citar o comentário da Ana Marques e, tendo ela dito isto, acho que não faz muito sentido dizeres que ela queria «uma obra de 1898 seja igualzinha a uma obra de 2005!!!!» (e agora citei-te a ti).
Quanto ao que disseste em relação à leitura de análises, devo dizer que faço precisamente o oposto. É certo que leio muitas análises de filmes que já vi (porque gosto de confrontar a minha opinião com a de outros) mas leio sobretudo análises de filmes que ainda não vi. Ao fazer isso, o meu objectivo não é ler spoilers mas sim conhecer várias opiniões a respeito de algo que posso estar prestes a conhecer. Muitas vezes procuro mesmo ler críticas a um filme (não só em blogs como na imprensa), antes de ir vê-lo. Penso que muitas pessoas fazem isso. Se assim não fosse, os críticos de cinema nem teriam sessões para eles, antes de o filme estrear para o público. Têm-nas como forma de depois poderem apresentar críticas antes de o filme sair (ou, mais frequentemente, no dia em que o filme estreia) e assim, ajudar até a publicitar o filme (ou não, se a crítica não for positiva).
Podia continuar aqui a tentar explicar-te os mais variados processos de adaptação de uma obra literária ao cinema mas não penso que valha a pena (e além disso, o comentário já está gigantesco).
Acrescento apenas que a tua tentativa de provar que leste o livro «há muito tempo» não resulta porque o facto de ser da editora x ou y não nos indica a data de compra. Tenho livros de editoras que já nem existem, editados há décadas, que comprei há poucos meses.

4:25 da tarde  
Anonymous Vera said...

Francisco, desculpa se parece que estou a dar continuidade a uma discussão infundada. Não é essa a intenção do meu comentário. Mas quando aqui vim e li tudo isto não pude deixar de expressar a minha opinião (que acabou por ser mais extensa do que pensava...).
Tens razão em não quereres discussões. Nem eu nem a Ana temos intenções de discutir, no mau sentido da palavra. A intenção é sempre a de um confronto de ideias civilizado mas às vezes as coisas não correm assim tão bem.
Peço desculpa em nome das duas.

4:32 da tarde  
Blogger Francisco Mendes said...

Ana e Vera: não existem razões para se desculparem, pois não encontrei ofensas... apenas argumentos construtivos e claros.

Assim não me incomoda, mas por favor André mantém a serenidade e lê bem o que as pessoas desejam dizer.

5:26 da tarde  
Blogger moi said...

ora depois de ler os comments, de ter visto o filme é obvio que o senhor andré batista não sabe o que diz, de facto questiono-me se ele pensa...

5:48 da tarde  
Blogger Francisco Mendes said...

moi cuidado com esse "questiono-me se ele pensa"...
Repito: não kero ofensas, nem discussão barata!!!!!!!

6:09 da tarde  
Blogger Pedro Quintino said...

Parabéns Francisco, o record de comentários a um post é novamente teu! (kidding).

Não se zanguem...

12:49 da manhã  
Blogger Francisco Mendes said...

Respirem fundo malta, alcancem o nirvana :s

8:12 da manhã  
Blogger André Batista said...

ZEN...

10:51 da manhã  
Blogger Francisco Mendes said...

tb pode ser...

11:11 da manhã  
Blogger Ana Marques said...

é só mesmo para fazer um número redondo! lol
30 é mais bonito!

6:13 da tarde  
Blogger Francisco Mendes said...

lol... pessoal não fui ver o filme este sábado... não deu, ou vou esta semana ou no próximo fim-de-semana... =(

Enfim... qd o vir deixo cá a minha crítica.

6:57 da tarde  
Blogger Francisco Mendes said...

yupii... lol
vou ver o "War of the Worlds" na sessão da meia-noite. Amanha deixo a minha crítica. :)

10:47 da tarde  

Enviar um comentário

<< Home

Site Meter